Mestre,  gostaria de um esclarecimento maior sobre os sete reinos.

Pelo que entendi chamamos de sete reinos as fases evolutivas do planeta Terra.

É isso?

Sim.

A denominação de reinos foi utilizada por ser uma denominação simples, e que tem como significado um domínio, lugar ou campo em que alguém ou alguma coisa é senhor absoluto.

Então um reino é uma etapa da evolução do planeta Terra, onde predominava determinado tipo de característica da matéria?

Por exemplo, reino do fogo indica que naquela época predominava no planeta altas temperaturas, massa de rocha liquida etc…

A ideia inicial é exatamente a etapa evolutiva do planeta onde existia determinada situação.

Mas, num segundo momento, a partir da lei universal dos sete reinos, estamos falando não somente do estado do planeta, mas também de um conjunto de forças naturais, pessoas, objetos, profissões e seres espirituais que possuem afinidades e que estão sob o comando e controle dos Orixás Primordiais.

 

Então podemos afirmar que dentro de determinado reino existem forças que deram origem aquelas características existentes no planeta naquela época?

Exatamente!
Em cada reino, se manifestam forças ou vibrações que já existiam muito antes da formação do planeta, por isso são chamadas de forças primordiais.

São estas forças, comandadas pelas inteligências superiores que irão moldar a superfície do planeta Terra.

Mas é importante ressaltar que estas forças primordiais se manifestam em vários níveis vibratórios, sejam  eles materiais, eletromagnéticos, mentais , emocionais e espirituais.

Mesmo que em determinada época ainda não exista a manifestação física ou material de objetos e elementos da natureza daquela vibração primordial elas já estão presentes nos níveis mais sutis.

Gostaria de saber  mais sobre o Orixá Primordial.
Os Orixás primordiais são os mesmos que incorporam nos médiuns de umbanda?

Longe disso.

O Orixá primordial é força espiritual pura e que ordena as vibrações primordiais.

São forças espirituais que existem em todo o universo e que são responsáveis inclusive pela organização do universo.

Em hipótese alguma estas forças espirituais podem incorporar em médiuns.

Eles não são personificados, não são seres limitados como vocês estão acostumados a conviver no momento atual de sua evolução espiritual.

Todas as civilizações sentiram a presença destas forças superiores e em cada época e lugar deram nomes a estas forças magníficas, inclusive alguns povos chegaram a personificar estas forças divinas para uma melhor compreensão de sua natureza.

Querendo aprender mais sobre o assunto me arrisquei a perguntar.

Qual é a natureza destes orixás primordiais?

Estes orixás primordiais  são espíritos?

A natureza do orixá primordial ainda é um mistério para o atual estágio da humanidade.

Não existem palavras que representem a natureza do Orixá primordial atualmente.

Já mencionei anteriormente que os Orixás Primordiais seriam os responsáveis pelas emanações divinas existentes em cada um dos sete reinos.

Mas é importante falar que eles são distintos de Deus.

Também não são espíritos, pois o que vocês entendem como espírito, representa somente o estágio atual do processo evolutivo da mônada espiritual.

 

Podemos dizer que são espíritos puros, como os espíritas estudam na codificação de Alan Kardec?

Segundo os estudos oferecidos por Alan Kardec  os Espíritos puros são aqueles que, chegados ao mais alto grau da perfeição, são julgados dignos de ser admitidos aos pés de Deus.

O esplendor infinito que os envolve não os dispensa de ser úteis nas obras da Criação: as funções que devem preencher correspondem à extensão de suas faculdades.

Esses Espíritos são os ministros de Deus; sob suas ordens, regem os mundos inumeráveis; dirigem do alto os Espíritos e os humanos; estão ligados entre si por um amor sem limites, e esse ardor se estende sobre todos os seres que procuram atrair para se tornarem dignos da suprema felicidade. Deus se irradia sobre eles e lhes transmite suas ordens; eles o veem ser cegados por sua luz.

Sua forma etérea nada tem de palpável; falam aos Espíritos superiores e lhes comunicam sua ciência; tornaram-se infalíveis.

Em suas fileiras é que são escolhidos os anjos de guarda, que bondosamente baixam o olhar sobre os mortais, e os recomendam aos Espíritos superiores, que os amaram. Estes escolhem os agentes de sua direção nos Espíritos da segunda ordem. Os Espíritos puros são iguais, nem poderia ser de outro modo, pois só são chamados a essa faixa depois de terem atingido o mais alto grau de perfeição. Há igualdade, mas não uniformidade, porque Deus não quis que nenhuma de suas obras fosse idêntica.

Os Espíritos puros conservam sua personalidade, que apenas adquiriu a perfeição mais completa, no sentido de seu ponto de partida.(Espírito de Georges)

Sabemos que a evolução espiritual é a linha mestra da doutrina umbandista seguida por você e se presta de forma valorosa a desenvolver o esforço necessário nesta caminhada espiritual.

A definição de espíritos puros como mencionada por você se aproxima bastante do conceito de Orixá Primordial, mas acrescente ao texto apresentado acima a frase: Orixás Primordiais são os primeiros seres espirituais  a chegarem no topo da hierarquia espiritual.

Perceba que substituí a palavra espírito por seres espirituais, pois sua natureza é de longe bem diferente na natureza do que conheces como espírito.

Também é importante chamar a atenção para a dificuldade de se chegar a imaginar quais seriam estes PRIMEIROS SERES ESPIRITUAIS  a alcançarem o topo de evolução espiritual.

Neste momento em que estava a pensar sobre estes seres magníficos e que seriam os primeiros espíritos a atingirem o topo de evolução espiritual, me lembrei de alguns mitos africanos onde Olorum conversa e dá ordens aos Orixás.

Lembrei-me do mito da criação onde Olorum envia Oxalá para criar o mundo e depois, segundo o mito Oxalá acaba criando a humanidade.

Estes mitos representariam bem o estado evolutivo destes seres, pois podiam conversar diretamente com o criador e receber ordens diretas para executarem suas tarefas.

Embora o assunto fosse de difícil compreensão este mestre da luz tinha trazido alguns esclarecimentos.

Agora entedia claramente porque Orixás Primordiais não podiam incorporar.
Entendi também que são pura luz, força e que não existiriam imagens destes Orixás Primordiais, pois não foram pessoas que algum dia viveram no planeta Terra.

Também não seriam os Santos da Igreja católica, pois sua condição evolutiva seria muito superior a dos Santos.

Poderiam até serem considerados espíritos puros, mas seriam os primeiros espíritos a atingirem este grau evolutivo e que com toda certeza viveram em outros universos em épocas remotíssimas.

Entendi também, que embora não pudesse enxergar, eu  poderia sentir sua presença na natureza e mais precisamente através dos sete reinos.

Neste momento senti uma alegria imensa.

Voltei a olhar para o mestre e percebi que tinha seu olhar fixo e sereno na minha direção.

São Vicente, 04/11/2017

 

Manoel Lopes

http://www.blog.mataverde.org/wp-content/uploads/2017/11/o-silêncio-é-uma-prece-e-faz-bem.jpghttp://www.blog.mataverde.org/wp-content/uploads/2017/11/o-silêncio-é-uma-prece-e-faz-bem-300x300.jpgManoel LopesDoutrinaEstudosorixás,orixás primordiais,sete reinos,umbanda
Mestre,  gostaria de um esclarecimento maior sobre os sete reinos. Pelo que entendi chamamos de sete reinos as fases evolutivas do planeta Terra. É isso? Sim. A denominação de reinos foi utilizada por ser uma denominação simples, e que tem como significado um domínio, lugar ou campo em que alguém ou alguma coisa...