Os elementais e a hierarquia de Ogum o reino do fogo

dark-ritual

Vamos continuar a estudar os elementais.

Hoje iremos abordar os elementais e o primeiro reino, o reino do fogo.

Se você está chegando agora, recomendamos que leia os artigos que já foram publicados aqui neste blog:

Os Elementais e os Sete Reinos Sagrados  e Os Elementais e os Sete Reinos Sagrados II.

Estamos apresentando uma visão umbandista sobre os elementais e a sua relação com os sete reinos sagrados.

Todos sabemos que embora muito se escreva sobre os elementais, muito pouco se sabe sobre eles e a literatura existente na sua maior parte é somente cópia de cópias de antigos textos ocultistas ou uma literatura fantasiosa  que é explorada pelo comercio de bonecos e coisas do gênero.

A Umbanda por apresentar uma nova visão do universo espiritual, e ao mesmo tempo fazer uma releitura de quase todas as filosofias e religiões existentes, nos permite aprofundar o conhecimento sobre uma imensa quantidade de seres existentes na espiritualidade.

Isso é possível quando nos amparamos na doutrina umbandista, que apresenta fundamentos e princípios que servem de referência para interpretarmos este mundo desconhecido. Podemos afirmar que a doutrina seria como  um mapa, para nos orientar neste mundo desconhecido.

Um destes princípios umbandistas, são os sete reinos sagrados ou as sete linhas da umbanda.

Se você ainda não conhece a doutrina dos sete reinos sagrados, recomendamos que faça o curso a distância oferecido pelo Núcleo Mata Verde através do site www.ead.mataverde.org

Já sabemos que existe diferença entre ELEMENTAIS e ELEMENTARES e que ambos são fases do processo evolutivo da mônada espiritual antes de atingir a condição de ESPÍRITO no sexto reino ou REINO DA HUMANIDADE.

A visão doutrinária umbandista dos sete reinos sagrados é uma doutrina evolucionista e apresenta um único caminho evolutivo e que é conhecido como ARAPÉ  o Caminho da Luz.

Todos nós participamos deste caminho evolutivo e estamos, nesta fase do nosso desenvolvimento, estagiando no sexto reino, REINO DA HUMANIDADE.

Já passamos portanto pelas fases evolutivas anteriores; já fomos elementais e percorremos os quatro primeiros reinos: REINO DO FOGO, REINO DA TERRA, REINO DO AR E REINO DA ÁGUA.

Também já ultrapassamos a fase de elementares quando estagiamos pelo REINO DA ÁGUA E REINO DAS MATAS.

Agora estamos cumprindo nosso destino pelo REINO DA HUMANIDADE e caminhamos para o sétimo reino,o REINO DAS ALMAS, o reino onde estaremos totalmente livres da MATÉRIA, o reino da ANGELITUDE.

Durante todo este processo, que pode demorar bilhões anos, estaremos atuando em estruturas, que no estudo umbandista, chamamos de CAMPOS ESTRUTURAIS.

Percorremos a eternidade atuando sobre estruturas, sejam elas simples ou complexas, e de natureza física, etérea, mental, emocional ou espiritual.

Para conhecer mais este processo evolutivo recomendamos o curso A EVOLUÇAÕ ESPIRITUAL E OS SETE REINOS SAGRADOS, disponível no site www.ead.mataverde.org

A Mônada, ainda em seu estado inicial de criação, possui todas as características espirituais conhecidas por nós e outras ainda desconhecidas pela Humanidade, mas todas em estado latente.

É através desta atuação, da Mônada,  em CAMPOS ESTRUTURAIS  que estas forças, qualidades  e capacidades espirituais serão liberadas ou desenvolvidas, da mesma forma que nós seres espirituais que estagiamos no REINO DA HUMANIDADE,  presos a pesadas estruturas materiais, estamos aos poucos desenvolvendo novas capacidades e qualidades espirituais que se encontram em estado dormente em nosso íntimo.

Já sabemos que a Mônada atua nos quatro primeiros reinos como um Elemental, e já estudamos as possíveis combinações de prováveis tipos de elementais.

Para facilidade de estudo criamos uma matriz numérica para facilitar o entendimento.

Fizemos uma matriz agrupando os quatro reinos, onde a mônada recebe a nomenclatura de Elemental,  e os sete reinos sagrados com suas varias formas de expressão e manifestação.

Representamos a mônada utilizando a letra “M” e cada reino foi representado pelo número correspondente ao reino: fogo (1), Terra(2), Ar(3), Água(4), Matas(5), Humanidade(6), Almas(7).

Por exemplo:

M12 => representa uma mônada do reino do fogo (1) atuando no reino da Terra (2)

Vamos determinar inicialmente quantas mônadas podem existir nas condições apresentadas acima: Mônadas pertencentes aos quatro primeiros reinos ( 1,2,3,4) que atuam nos sete reinos (1,2,3,4,5,6,7)

Uma matriz 4×7

M11, M12, M13, M14, M15, M16, M17

M21, M22, M23, M24, M25, M26, M27

M31, M32, M33, M34, M35, M36, M37

M41, M42, M43, M44, M45, M46, M47

Verificamos que possuímos 28 tipos diferentes de mônadas atuando como elementais.

Sabemos que podemos combinar estes 28 elementos primordiais, formando milhões de combinações possíveis o que torna quase impossível o estudo detalhado de todos estes seres elementais.

Mas vamos estudar melhor  estes 28 seres elementais.

Lembramos que os sete reinos sagrados, estão relacionados a SETE HIERARQUIAS ESPIRITUAIS que são regidas por SETE ORIXÁS REGENTES.

Como os elementais são seres espirituais ligados aos quatro primeiros reinos, eles estão subordinados as quatro primeiras hierarquias espirituais:

1)Hierarquia espiritual do Reino do Fogo – Orixá regente é Ogum sua cor é vermelha.

2)Hierarquia espiritual do Reino da Terra – Orixá regente é Xangô sua cor é Marrom.

3)Hierarquia espiritual do Reino do Ar – Orixá regente é Iansã sua cor é amarelo.

4)Hierarquia espiritual do reino da Água –  Orixá regente é Iemanjá sua cor é Azul Claro

As Mônadas neste estagio de Elemental não possuem o livre arbítrio, e suas forças espirituais são muito fracas e praticamente não possuem condição alguma de alterar, por sua livre vontade, seu padrão vibratório.

Somente através dos bilhões de anos é que estarão se desenvolvendo e caminhando para sua individualidade e livre arbítrio.

Podemos dizer que são núcleos espirituais, que possuem determinado padrão vibratório, conforme seu reino ou campo de atuação e que estão subordinadas a forças espirituais de maior magnitude espiritual e são por estas forças utilizadas na manutenção dos diversos  CAMPOS ESTRUTURAIS  naturais.

Vamos conhecer algumas delas e estudar sua qualidade ou característica principal.

Iremos estudando sequencialmente através dos quatro reinos, começaremos pelo REINO DO FOGO.

 

festa ogum 324

Mônada M11:

É um Elemental do reino do fogo e que atua diretamente no reino do fogo.
Sua cor é o vermelho .

É um Elemental  regido somente pelo Orixá Ogum.
Na Umbanda podemos afirmar que  este Elemental está sob o domínio, por exemplo,  de um OGUM SETE ESPADAS e daquelas entidades espirituais ligadas diretamente às qualidades deste reino.
Estas entidades espirituais que se manifestam utilizando a nomenclatura de OGUM SETE ESPADAS, OGUM SETE LANÇAS, OGUM SETE ESCUDOS e outros,  possuem todo o conhecimento necessário para utilizarem a força espiritual destes elementais, são especialistas na manipulação destas forças e destes seres.

Atua nos campos estruturais que mantém o fogo; quando acendemos uma vela são estes elementais que  atuam na estrutura da chama da vela.
Na magia umbandista podemos ampliar a ação deste Elemental utilizando, por exemplo, uma vela na cor vermelha.

Estão ligados ao calor, energia, violência, destruição,  iniciativa, liderança etc…

Mônada M12:

É um Elemental do reino do fogo que atua no reino da terra.

Sua cor é o Vermelho e o Marrom, ou uma mistura de ambas as cores.

É um Elemental regido pelos Orixás Ogum e Xangô.

Na Umbanda podemos afirmar que  este Elemental esta sob o domínio, por exemplo,  de um OGUM DAS PEDREIRAS ou um  OGUM DE LEI  e daquelas entidades espirituais ligadas diretamente as qualidades destes dois  reinos.

Estas entidades espirituais que se manifestam utilizando a nomenclatura de OGUM DAS PEDREIRAS, OGUM DE LEI, OGUM DAS MONTANHAS e outros,  possuem todo o conhecimento necessário para utilizarem a força espiritual destes elementais, são especialistas na manipulação destas forças e destes seres.

Atua nos campos estruturais que necessitam da força e da lei, a energia no cumprimento da lei, das regras etc…

Também encontramos estes elementais no magma, nos vulcões, no interior da Terra etc…

Na magia umbandista podemos ampliar a ação deste Elemental utilizando, por exemplo, uma vela marrom ou uma vela na cor vermelha acesa sobre um piso ou um pano marrom; lembramos que a terra é marrom e podemos aumentar a ação acendendo uma vela vermelha diretamente no chão em contato direto com a terra.

Mônada M13:

É um Elemental do reino do fogo que atua no reino do Ar.

Sua cor é o vermelho e o amarelo, ou uma mistura de ambas as cores.

É um Elemental regido pelos Orixás Ogum e Iansã.

Na Umbanda podemos afirmar que  este Elemental esta sob o domínio, por exemplo,  de um OGUM DOS VENTOS ou um  OGUM SETE RAIOS  e daquelas entidades  espirituais ligadas diretamente às qualidades destes dois  reinos.

As entidades espirituais que se manifestam utilizando a nomenclatura de OGUM DOS VENTOS, OGUM TEMPESTADE, OGUM VENTANIA, OGUM SETE RAIOS e outros,  possuem todo o conhecimento necessário para utilizarem a força espiritual destes elementais, são especialistas na manipulação destas forças e destes seres.

Atua nos campos estruturais que necessitam da força e da expansão, a energia na comunicação etc…

Também encontramos estes elementais nas tempestades, nos furacões, no som, nos mantras etc…

Na magia umbandista podemos ampliar a ação deste Elemental utilizando, por exemplo, uma vela amarela ou uma vela na cor vermelha acesa sobre um piso ou um pano amarelo. Muito utilizado quando precisamos forçar, aumentar  ou expandir determinada situação.

Mônada M14:

É um Elemental do reino do fogo que atua no reino da água.

Sua cor é o vermelho e o azul, ou uma mistura de ambas as cores.

Aqui fazemos um parêntese para comentar sobre o reino da água e a cor azul.
Muitas são as forças que atuam neste reino, mas todas possuem a cor no tom azul.

Podemos por exemplo, lembrar Iemanjá azul claro, Oxum azul escuro, Nanã Violeta.

É um Elemental regido pelos Orixás Ogum e Iemanjá.

Na Umbanda podemos afirmar que  este Elemental esta sob o domínio, por exemplo,  de um OGUM BEIRA MAR  ou um  OGUM IARA  e daquelas entidades espirituais ligadas diretamente as qualidades destes dois  reinos.

As entidades espirituais que se manifestam utilizando a nomenclatura de OGUM BEIRA MAR, OGUM IARA, OGUM SETE ONDAS e outros,  possuem todo o conhecimento necessário para utilizarem a força espiritual destes elementais, são especialistas na manipulação destas forças e destes elementais.

Atua nos campos estruturais que necessitam da força e da emoção, a energia no amor, na geração, na concepção  etc…

Também encontramos estes elementais na água quente, no vapor , nas nuvens, no sangue  que é vermelho quente e líquido etc…

Na magia umbandista podemos ampliar a ação deste Elemental utilizando, por exemplo, uma vela azul ou uma vela na cor vermelha acesa sobre um piso ou um pano azul, também podemos acender a vela vermelha na praia, na beira de um rio, na cachoeira, em uma fonte ou dentro de uma vasilha que contenha água etc…

Estes elementais estão ligados com o sangue e com a vitalidade.

Mônada M15:

É um Elemental do reino do fogo que atua no reino das Matas.

Sua cor é o vermelho e o verde, ou uma mistura de ambas as cores.

É um Elemental regido pelos Orixás Ogum e Oxossi.

Na Umbanda podemos afirmar que  este Elemental esta sob o domínio, por exemplo,  de um OGUM ROMPE MATO  ou um  OGUM DAS MATAS  e daquelas entidades espirituais ligadas diretamente as qualidades destes dois  reinos.

Todas as entidades espirituais que se manifestam utilizando a nomenclatura de OGUM ROMPE MATO, OGUM ARRANCA TOCO e todos os Guerreiros das Matas,  possuem todo o conhecimento necessário para utilizarem a força espiritual destes elementais, são especialistas na manipulação destas forças e destes elementais.

Atua nos campos estruturais que necessitam da força e da fartura, a energia na individualidade, nos alimentos, na tecnologia  etc…

Também encontramos estes elementais nas flores vermelhas, frutas vermelhas, animais e aves que possuem a cor vermelha,  incêndios na floresta etc…

Na magia umbandista podemos ampliar a ação deste Elemental utilizando, por exemplo, uma vela verde ou uma vela na cor vermelha acesa sobre um piso ou um pano verde, também podemos acender a vela  verde na floresta, ou uma vela verde rodeada de flores ou frutas vermelhas etc…

Mônada M16:

É um Elemental do reino do fogo que atua no reino da Humanidade.

Sua cor é o vermelho e o branco, ou uma mistura de ambas as cores.

É um Elemental regido pelos Orixás Ogum e Oxalá.

Na Umbanda podemos afirmar que  este Elemental esta sob o domínio, por exemplo,  de um OGUM MATINATA e daquelas entidades espirituais ligadas diretamente as qualidades destes dois  reinos.

Todas as entidades espirituais que se manifestam utilizando a nomenclatura de OGUM MATINATA, OGUM SETE ESTRELAS e todos os OGUNS ligados a situações que envolvam a humanidade e a fé,  possuem todo o conhecimento necessário para utilizarem a força espiritual destes elementais, são especialistas na manipulação destas forças e destes elementais.

Atua nos campos estruturais que necessitam da força e da fé, a energia no relacionamento humano, na fraternidade  etc…

Na magia umbandista podemos ampliar a ação deste Elemental utilizando, por exemplo, uma vela branca acesa sobre um pano vermelho ou uma vela vermelha acesa sobre um piso ou um pano branco, também podemos acender uma vela vermelha  num campo florido, ou rodeada de flores brancas.

Mônada M17:

É um Elemental do reino do fogo que atua no reino das Almas.

Sua cor é o vermelho e o preto, ou uma mistura de ambas as cores.

É um Elemental regido pelos Orixás Ogum e Omulu.

Na Umbanda podemos afirmar que  este Elemental esta sob o domínio, por exemplo,  de um OGUM MEGÊ e daquelas entidades espirituais ligadas diretamente as qualidades destes dois  reinos.

Todas as entidades espirituais que se manifestam utilizando a nomenclatura de OGUM MEGÊ, OGUM NARUÊ, OGUM DE NAGÔ e todos os OGUNS ligados ao cemitério  e demandas,  possuem todo o conhecimento necessário para utilizarem a força espiritual destes elementais, são especialistas na manipulação destas forças e destes elementais.

Atua nos campos estruturais que necessitam da força e da magia, magia negra, mediunidade, na transformação, deterioração,  putrefação   etc…

Na magia umbandista podemos ampliar a ação deste Elemental utilizando, por exemplo, uma vela vermelha acesa sobre um pano preto ou uma vela preta acesa sobre um piso ou um pano vermelho, também podemos acender a vela  diretamente no cemitério.

Finalizamos este estudo inicial sobre os elementais pertencentes aos primeiro reino, o reino do fogo.

Ainda existe muita coisa para ser desvendada, estudada e compreendida.

Além dos aspectos que foram comentados acima, lembramos que estes elementais também estão presentes no corpo humano e cada um atuando em partes de um órgão ou sistema, seja no sangue, nos rins, no intestino na pele etc…

Mas este é outro assunto que em breve estaremos estudando.

Saravá Umbanda!

São Vicente, 07/02/2013

Manoel Lopes – Dirigente do Núcleo Mata Verde

 



Provided by orange county short sale specialist