Manifesto do dia 28/09/2014 – A hora é agora!

terreiro_invadido

 

Manifesto do dia 28/09/2014 – A hora é agora!

 

 

Estimado irmão umbandista,

Este manifesto é dirigido a você, que compartilha comigo dos mesmos ideais.
Dentro de uma semana teremos eleições para Presidente da Republica, Governadores, senadores e deputados estaduais e federais.

É uma data muito importante para todos nós, umbandistas ou não.

Este texto é dirigido especialmente aos brasileiros, que semelhantes a mim, almejam uma sociedade mais justa onde  prospere o  ideal de vida  ensinado pela umbanda.

Não pretendo neste momento entrar em detalhes se a umbanda é religião, arte, filosofia ou ciência, quero somente despertar a consciência daqueles que, entre nós,  ainda se encontram adormecidos e não perceberam a IMPORTÂNCIA do seu voto para a concretização de uma sociedade mais justa, fraterna e perfeita, conforme os ensinamentos umbandistas.

A Umbanda existe, atua e se manifesta em vários lugares do nosso país, graças ao que chamamos de Terreiros, Tendas, Núcleos ou Centros.

Estes núcleos são formados por grupos de pessoas que comungam os mesmos ideais, sejam eles religiosos, éticos ou morais.

Como seres humanos participamos, em nosso dia a dia, de várias atividades sociais, sejam elas profissionais, artísticas, filosóficas ou políticas e desta forma influímos no comportamento de nossos semelhantes.

Todos devem concordar que estamos vivendo um período turbulento, com sérios desequilíbrios que geram muita violência, doenças e injustiças.

Em nossa humilde opinião a culpa é nossa.

A culpa é das pessoas honradas, sinceras, honestas, de boa índole e espiritualizadas que deixam espaço para que os postos de decisão importantes de nosso país sejam ocupados por pessoas doentes (do espírito), perturbadas, materialistas, gananciosas, orgulhosas, violentas, desonestas e que não possuem nenhum compromisso com a verdade maior.

Neste momento em que teremos a oportunidade única de escolhermos nossos representantes, vamos fazer esta escolha com cuidado, com cautela, com prudência e principalmente escolhermos pessoas que comunguem com ideais semelhantes aos nossos.

Tenho a certeza que quando nós, os umbandistas, nos libertarmos de preconceitos e ideias mesquinhas e distorcidas de que não devemos nos envolver com a política, nosso país irá mudar para melhor.

Iludem-se os que pensam assim, pois o ser humano vive em sociedade e conforme seus interesses e ideais, se juntam e formam grupos que exercem forte pressão nas ações dos governantes.

Meu irmão umbandista deve conhecer a lei da afinidade, que existe tanto na espiritualidade como aqui na realidade material (Aiyê).

Se deixarmos de participar da política, entregaremos o poder e as decisões governamentais para os outros grupos  que existem em nossa sociedade.

Existem muitos grupos de interesses, entre eles: empresários, banqueiros, empreiteiros, LGBT (Gays, Lésbicas, bissexuais e transgêneros), militares, professores, católicos, evangélicos e até traficantes, entre outros.

Se você irmão umbandista, não despertar para esta realidade, iremos continuar entregando nosso país nas mãos de pessoas que muitas vezes deveriam estar atrás das grades.

A Umbanda sofre diariamente ações preconceituosas contra ela e seus seguidores.

Programas na rede aberta de TV, na Internet (Youtube), nas rádios são utilizados para denegrirem a umbanda e seus seguidores e estes grupos possuem vários representantes no congresso e no senado.

Cada deputado tem em suas mãos milhões de reais para projetos, que na maioria das vezes são utilizados especificamente para estes grupos afins.

Nós os umbandistas estamos órfãos de representantes e acabamos nos contentando com as migalhas.

Precisamos urgentemente nos mobilizar para elegermos nossos representantes, que irão atuar legislando com os mesmos ideais que possuímos (éticos e morais) e também irão atuar em defesa da umbanda, dos umbandistas e direcionando verbas para o fortalecimento do movimento umbandista.

O voto em nosso país é obrigatório, todos os cidadãos brasileiros deverão votar no dia 05/10/2014.

Embora o voto seja obrigatório, é um DIREITO nosso escolhermos nossos representantes.

NÃO SE ILUDA!

O MOMENTO É AGORA!

Dia 05 de Outubro de 2014, estaremos juntos, escolhendo novos representantes e espero com a fé em nossos Orixás que possamos eleger vários deputados e senadores umbandistas.

Se você ainda não tem um candidato e mora em São Paulo ou no Rio de Janeiro sugiro a você pessoas de minha completa confiança:

Em São Paulo:

Deputado Estadual – Dr. Basilio (Ogam Basilio) –  31111

Deputada Federal – Dra. Ana Paula Guimarães (Guerreira do Axé) –  3130

 

No Rio de Janeiro:

Deputado Estadual – Atila Nunes  – 17017

Deputado Federal – Atila A. Nunes – 1717

 

Deixamos de sugerir nomes em outros estados por desconhecermos as candidaturas.

Pesquise na Internet a vida destes irmãos que sugeri acima, reflita e faça sua escolha consciente.

Saravá Umbanda!

 

São Vicente, 28/09/2014
Manoel Lopes – Dirigente do Núcleo Mata Verde

www.mataverde.org