Rosa Branca

Rosa Branca

Fitoenergética e Radiestesia – A vibração das ervas

por Manoel Lopes

Continuando com os estudos do GEAU realizamos no dia 25/06/2012 uma análise de 12 tipos diferentes de extratos vegetais, que serão utilizados no tratamento de fitoenergética  como ação complementar do TVAD e do Arapé.

Durante o primeiro curso de Fitoenergética e os Sete Reinos Sagrados, que foi realizado no mês de maio/2012 no Núcleo Mata Verde, fizemos a apresentação dos conceitos básicos da fitoenergética e após o estudo minucioso da doutrina dos Sete Reinos Sagrados nos aprofundamos nos principais conceitos adotados na Umbanda e Candomblé para o uso das ervas ritualísticas.

Na preparação do segundo curso de fitoenergética, onde faremos o estudo aprofundado das ervas e os sete reinos e o uso energético das ervas no tratamento dos desequilíbrios vibracionais, surgiu a possibilidade do GEAU colaborar através da Radiestesia fazendo a análise dos extratos que serão utilizados no tratamento.

Utilizando o pêndulo , o grupo analisou, através dos gráficos e testemunhos as seguintes ervas:  Aroeira, Calêndula, Guiné, Garcínia, Barbatimão, Eucalipto, Cravo, Arruda, Verbena, Alecrim, Manjericão e Alfazema.

O GEAU – Grupo de Estudos Avançados de Umbanda, após um estudo detalhado sobre Radiestesia , passou a utilizar como ferramenta o pêndulo para determinação das sete vibrações primordiais e que são a base do diagnóstico no tratamento utilizado no TVAD – Tratamento Vibracional a Distância.

Integrantes do GEAU

Integrantes do GEAU

No dia 25/06/2012 aproveitando uma das reuniões do GEAU fizemos com o grupo a análise das ervas citadas acima.

A finalidade do estudo foi determinar em cada tipo de erva quais as vibrações existentes ( Tatá Pyatã, Yby Pyatã, Ybytu Pyatã, Y Pyatã, Caá Pyatã, Abá Pyatã e Anga Pyatã) que são as vibrações energéticas referentes aos sete reinos sagrados.

O estudo foi realizado, tendo como premissas:

1)As sete vibrações primordiais existem em todos os lugares, objetos e seres do universo.

2)As sete vibrações, embora existam em todos os objetos e seres vivos (neste estudo  as ervas), possuem intensidade diferente em cada tipo de erva.

3)Foi utilizado o pêndulo como ferramenta radiestésica para auxiliar na determinação destas sete vibrações.

4)A análise foi realizada pelo grupo, formado por sete pessoas, e o resultado foi a somatória dos valores obtidos individualmente por cada membro do GEAU.

5)O resultado final será transformado em percentagem , para facilidade de entendimento e uso na aplicação fitoenergética.

6)Toda a análise foi registrada de forma escrita e encontra-se arquivada no Núcleo Mata Verde.

7)Para efeito de estudo e divulgação os resultados serão divulgados no Blog de Estudos do Núcleo Mata Verde.

8)O resultado obtido pela radiestesia deverá ser confrontado com o conhecimento tradicional religioso dos Terreiros e também pelo uso fitoterápico.

9)A analise com o pêndulo foi feito sem que os operadores soubessem qual era a erva analisada.

Segue abaixo o resultado final da análise:

Tabela de Ervas x Vibração

Tabela de Ervas x Vibração

 

Saravá Umbanda!

Abraços,

Manoel Lopes – Dirigente do Núcleo Mata Verde

Obs.: Divulgue a vontade este estudo, mas nunca esqueça de citar a fonte

Manoel LopesDoutrinaGEAURadiestesia
Fitoenergética e Radiestesia - A vibração das ervas por Manoel Lopes Continuando com os estudos do GEAU realizamos no dia 25/06/2012 uma análise de 12 tipos diferentes de extratos vegetais, que serão utilizados no tratamento de fitoenergética  como ação complementar do TVAD e do Arapé. Durante o primeiro curso de Fitoenergética e...