Exu e os Sete Reinos Sagrados

foto12

Exu e os Sete Reinos Sagrados

 

Continuaremos a estudar Exu a partir de uma visão doutrinária dos Sete Reinos Sagrados.

Já tivemos oportunidade de escrever alguns textos tratando sobre Exu aqui no Blog:

Exu Pagão e Exu de Leihttp://www.blog.mataverde.org/archives/1131

Exu o Guardião do Templohttp://www.blog.mataverde.org/archives/1064

Nestes textos tratamos principalmente sobre aqueles “espíritos” que trabalham na umbanda e recebem a denominação de exus.

Nestes dois textos priorizamos a questão do exu como uma linha de trabalho dentro da umbanda e chamamos a atenção para as diferenças existentes entre:

Exu que trabalha na Umbanda,

Exu que trabalha na Quimbanda e

Exu Orixá do culto de Nação.

São três realidades distintas, com naturezas, atividades e trabalhos diferentes, embora identificados pelo mesmo nome EXU.

Existem enormes diferenças conceituais entre o que chamamos de Exu de Lei, Exu Pagão e Orixá Exu.

Conforme já escrevemos nos textos acima mencionados, percebemos uma grande dificuldade dos “mais jovens” entenderem estas diferenças; até certo tempo atrás era corriqueiro este entendimento.

Isso se deve em grande parte ao fato de aumentarem as casas chamadas de umbanda cruzada ou Umbandomblé, onde se misturaram fundamentos umbandistas, quimbandistas e candomblecistas.

Infelizmente isso criou uma grande confusão sobre o entendimento e funções dos exus na umbanda, e acabou gerando algumas aberrações como já denunciamos nos textos anteriores.

Hoje iremos abordar os exus e os sete reinos sagrados.

Iremos nos aprofundar na natureza espiritual Exu.

Na doutrina ensinada pelo Núcleo Mata Verde trabalhamos com os Sete Reinos Sagrados.

Se você ainda não conhece a doutrina umbandista seguida pelo Núcleo Mata Verde, sugerimos que primeiro leia os artigos que já publicamos aqui neste Blog que tratam sobre a origem e natureza dos Sete Reinos Sagrados, também poderá fazer download do ebook “Textos Doutrinários do Núcleo Mata Verde“ que está disponível no site www.mataverde.org .

Mas principalmente recomendamos que faça os cursos a distância, que estão disponíveis em nosso portal de ensino a distância www.ead.mataverde.org

A doutrina umbandista seguida pelo Núcleo Mata Verde ensina que existem sete (7) reinos que são conhecidos como:

1)Reino do Fogo

2)Reino da Terra

3)Reino do Ar

4)Reino da Água

5)Reino das Matas

6)Reino da Humanidade

7)Reino das Almas

A cada um destes sete reinos, são vinculadas hierarquias espirituais e Orixás Regentes.

Cada hierarquia possui na sua base as “mônadas espirituais” recém-criadas (elementais) e no topo os seres mais elevados da espiritualidade que chamamos de Orixás Primordiais.

Entre os dois extremos existem todos os demais seres espirituais existentes no universo, trabalhadores da umbanda ou não.

Os sete reinos também são a origem da formação das sete linhas da Umbanda:

1)Linha de Ogum

2)Linha de Xangô

3)Linha de Iansã

4)Linha de Iemanjá

5)Linha de Oxossi

6)Linha de Oxalá

7)Linha das Almas (Omulu)

 

E das sete forças primordiais, que denominamos:

1)Tatá Pyatã – Força Ígnea

2)Yby Pyatã – Força Telúrica

3)Ybytu Pyatã – Força Eólica

4)Y Pyatã – Força Hídrica

5)Caá Pyatã – Forças das matas ( vegetal e animal)

6)Abá Pyatã – Força Hominal

7)Angá Pyatã – Força Espiritual

 

Mas e os Exus em qual reino trabalham?

A resposta rápida e simples é “EXU TRABALHA EM TODOS OS REINOS”.

Isso significa que para cada uma das hierarquias possuímos Exus trabalhando e manipulando aquela energia do Reino.

Temos, portanto na umbanda, exus vinculados a todos os sete reinos, aos orixás regentes e as sete linhas da umbanda:

1)Exus ligados ao Reino do Fogo e que estão sob a supervisão de Ogum

2)Exus ligados ao Reino da Terra e que estão sob a supervisão de Xangô

3)Exus ligados ao Reino do Ar e que estão sob a supervisão de Iansã

4)Exus ligados ao Reino da água e que estão sob a supervisão de Iemanjá (Pombas Giras)

5)Exus ligados ao Reino das Matas e que estão sob a supervisão de Oxossi

6)Exus ligados ao Reino da Humanidade e que estão sob a supervisão de Oxalá

7)Exus ligados ao Reino das Almas e que estão sob a supervisão de Omulu (Calunga)

 

Temos, portanto exus que manipulam as energias do fogo (exu sete fogueiras, exu brasa, fornalha etc…), outros que manipulam as energias da terra (cavernas, pedreiras etc…), do Ar (ventanias, tempestades, etc…), das Águas (mar, praia, cachoeiras, rios, etc…), das matas (matas, florestas, galhos etc…), da humanidade (estrelas, veludo, atividades humanas etc…), das almas (Calunga, Caveiras etc…)

É importante destacar que Exu trabalha sempre nas passagens, nas entradas, nas encruzilhadas, nas mudanças de campos energia, nos umbrais etc…

Dá mesma forma que as demais entidades que trabalham na Umbanda (Caboclos, Pretos Velhos, Crianças) os Exus podem trabalhar em dois ou três reinos, cruzando suas energias.

Também podem se manifestar sob as mesmas POLARIDADES e TRIPLICIDADES (masculino e feminino) e (criança, adulto ou velho) como fazem as demais linhas que trabalham na umbanda.

Podemos exemplificar:

Polaridade: Masculina

Triplicidade: Criança

Pode vir como EXU MIRIM, o nome vai depender do(s) reino(s) que atua.

Polaridade: Feminina

Triplicidade: Adulto

Pode vir com a roupagem fluídica de POMBA GIRA, o nome vai depender dos reinos que atua. Sempre atuará no reino das águas e em outro reino.

Polaridade: Masculina

Triplicidade: Velho

È um Exu mais velho, algumas vezes pode ser confundido com um PRETO VELHO QUIMBANDEIRO, o nome vai depender dos reinos que atua. Sempre atuará no reino das almas e em outro reino.

As demais combinações possíveis ficam como exercício para o leitor.

Saravá!

 

São Vicente, 04/01/2014

Manoel Lopes



Provided by orange county short sale specialist